Domingo, 21 de Setembro de 2008

Hoje estive a pensar.

 

A pensar em tudo…

…A pensar em nada.

 

Dei por mim a divagar para ti, tu que foste o meu porto de abrigo durante a tempestade.

 

Relembro o que fomos (uma vez mais). Como tenho saudades de ter braços onde me enrolar, de ter lábios onde me perder, de ter mão a me prender.

 

E penso no que somos agora, nada mais que duas ilhas perdidas, separadas por um mar sombrio e profundo.

 

Tentámos mutuamente ignorar a existência um do outro mas, por vezes, ainda consigo distinguir o teu olhar através da neblina espessa. E nesse teu olhar, que julgava esquecido na minha mente, reconheço a dor e a solidão que antes te caracterizavam. Eu vejo esse teu sofrimento, é quase tangível cada vez que os nossos corpos passam juntos um do outro, por obra do acaso, nos corredores e nas salas dos locais que ainda partilhamos. E essa dor invade-me. Incapacita-me quase tanto como a ti. Tolda-me os pensamentos, faz-me querer estar lá para ti, faz-me ter vontade de te ouvir, de saber o que se passa, de te ajudar.

 

Mas como ilhas perdidas que somos, afastámo-nos tanto que já não sabemos de onde viemos ou como viemos aqui ter. Eu, pelo menos, não sei o caminho de volta…

Talvez devesse falar contigo sem pensar nas consequências. Perguntar-te simplesmente para onde te fugiu o sorriso.

 

Inconscientemente, imagino a resposta e penso no que podes pensar de mim.

E tenho medo.

 

Tenho um medo inexplicável.

 

Neste momento, ainda vivo na ilusão de que poderemos vir a ser amigos. Se esgotar esta possibilidade fico com nada.

 

Mas…

Ver-te sofrer sem nada fazer deixa-me sem ar.

 

.

.

.

.

.

 

E fico encalhada.

 


Estou: encalhada num vazio
My Soundtrack: Diecast - Nothing I Could Say
tags:

publicado por Night_Angel às 13:56 | link do post | comentar

3 comentários:
De LittleStar ♥ a 21 de Setembro de 2008 às 16:10
Eu leio este texto e penso: Parece q qem o escreveu me leu os pensamentos xS

Como eu entendo o qto doí, o qto custa (...)

Beijinhuu`*


De estranha forma de ser* a 21 de Setembro de 2008 às 20:03
Aiaiai...dói ler este texto ...

VejO o que sinto aqui espelhado...

Bgd pela partilha =)* e FORÇA


De Infinit a 28 de Setembro de 2008 às 03:42
Este post está incrível. A forma como tu consegues moldar os teus pensamento e sentimentos em meras palavras chega a ser arrepiante. Depois de ver isto até me custa continuar a escrever... Magnífico

Beijos


Comentar post

MiM
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Secret #2

Secret #1

I can't deny it

[my mind is out of contro...

when words escape me

Argumentos de Loucura

Hopelessly

This is so fucking stupid...

Confessions #6

I Crave for You

arquivos

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds